Autoridades dos EUA afirmam acreditar que avião ucraniano foi derrubado por míssil do Irã

Autoridades dos EUA afirmam acreditar que avião ucraniano foi derrubado por míssil do Irã


Irã nega possibilidade e diz que é 'cientificamente impossível' que um míssil tenha atingido a aeronave. Trump afirmou que 'alguém pode ter cometido um erro do outro lado'.

G1 | Autoridades dos Estados Unidos acreditam que o avião ucraniano que caiu em Teerã, no Irã, foi derrubado por um míssil iraniano, informou a imprensa americana nesta quinta-feira (9). O Irã negou essa possibilidade. Nenhuma das 176 pessoas que estavam a bordo sobreviveu à queda.


Em declaração na Casa Branca, o presidente dos EUA, Donald Trump, foi questionado sobre o que achava que tinha acontecido com o avião. Ele respondeu que "alguém pode ter cometido um erro do outro lado".


"Não quero dizer isso porque outras pessoas têm suspeitas", disse Trump, mas acrescentou: "Alguém pode ter cometido um erro do outro lado... não o nosso sistema. Não tem nada a ver conosco", afirmou, segundo a rede de televisão americana CNN.


O presidente americano disse, ainda, que tem um "pressentimento terrível" sobre a queda do avião.


Segundo a agência de notícias Reuters, fontes do governo americano estão "confiantes" de que o avião foi derrubado por um míssil do Irã, de acordo com "dados de satélite". Ainda de acordo com a agência, as fontes, que não foram identificadas, dizem que a aeronave "muito provavelmente" foi derrubada acidentalmente pela defesa aérea iraniana.


O Pentágono se negou a comentar a queda do avião.