Com a volta de Gilmar Ferraz, Edivaldo deixa a Câmara

Com a volta de Gilmar Ferraz, Edivaldo deixa a Câmara

Com a volta de Gilmar Ferraz (MDB) à Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, o advogado Edivaldo Ferreira Jr, que era suplente deverá ceder o cargo de vereador. Eleito com 1.432 votos, ele ficou cerca de 8 meses no legislativo da cidade. Foi autor de 17 Projetos de Lei Ordinária, 2 Projetos de Decreto Legislativo, 1 Projeto de Resolução, 42 Indicações, 14 Moções, 6 Requerimentos,13 Emendas Aditivas e 4 Impositivas.


Edivaldo ainda foi escolhido pelo prefeito Herzem Gusmão para exercer a função de líder de governo na Câmara. "Acredito na atual gestão e reafirmo que tudo só foi possível graças ao trabalho conjunto", declarou em sua rede social.