Após 4 anos, fumacê volta a rodar nas ruas de Vitória da Conquista

De janeiro a abril de 2020, Vitória da Conquista teve 128 casos confirmados e 2 mortes por dengue

De janeiro a abril de 2020, já foram notificados 1398 casos suspeitos de dengue com 128 casos confirmados, sendo 2 mortes por dengue grave hemorrágica em Vitória da Conquista. O primeiro óbito foi de uma mulher de 42 anos, residente do bairro Alto Maron, que ocorreu no dia 7 de abril. Já o segundo óbito ocorreu na madrugada do dia 28 de abril. Trata-se de uma mulher de 47 anos, residente do bairro Guarani.

Os bairros que registraram o maior número de ocorrências de casos de dengue são: Cruzeiro, Alto Maron e Bateias.

A última vez em que foi utilizada a modalidade do Ultra Baixo Volume (UBV), ou fumacê, no município foi no ano de 2016. Esta semana, os carros com o equipamento voltaram a rodar pelas ruas da cidade.

A coordenação do Programa de Controle de Endemias reforça que o aumento no número de ocorrências de casos já era algo previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019. Já estava sinalizado que no Nordeste e nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, haveria um aumento significativo de ocorrência de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya neste ano, por conta do vírus que está circulando nessas regiões que é o tipo 2. Esse é um tipo que ainda não tinha circulado na região e, por isso, as pessoas não tinham tido contato com esse vírus até então e a possibilidade de disseminar na população é grande.