Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de estuprar jovem após carona em Planalto

Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de estuprar jovem após carona em Planalto

Do G1



O homem suspeito de estuprar uma jovem de 21 anos após dar carona à vítima, na cidade de Planalto, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. Segundo o delegado Sergio Fabiano, que investiga o caso, o homem é considerado foragido e é procurado pela polícia.


Segundo informações do delegado, o mandado de prisão foi decretado pela juíza Daniela Oliveira Curi, na quarta-feira (13).


O crime aconteceu na madrugada de 5 de agosto deste ano. Conforme Sergio Fabiano, a vítima, que não teve a identidade revelada, já conhecia Jaimilton Alves, de 43 anos, e, junto com quatro amigas que estavam com ela em um bar, pegou carona com o suspeito.


De acordo com Sergio Fabiano, a vítima foi a última a ficar no carro com o Jaimilton, que desviou o caminho e levou a jovem para casa dele.


Conforme o delegado, a vítima contou que, ao chegar no imóvel, tentou resistir mas foi obrigada a entrar na casa e foi estuprada. Após o crime, a jovem procurou o Hospital Nilton Ferreira dos Santos, junto com a mãe.


O delegado informou que o médico que atendeu a vítima fez um relatório constatando indícios de estupro.


Um dia após o crime, moradores de Planalto se mobilizaram e protestaram em frente à delegacia da cidade e também na porta do fórum, para pedir justiça.