Os bastidores da delação de Cabral à Polícia Federal

Os bastidores da delação de Cabral à Polícia Federal


Cabral resistiu a falar. Por muito tempo, manteve a estratégia do silêncio. Mas as investigações sobre o esquema de corrupção no governo do Rio de Janeiro avançaram. O ex-governador do Rio foi condenado 12 vezes, com penas que, somadas, já alcançam 267 anos. Impactado pelas sentenças, Sergio Cabral começou a mudar de postura no final de 2018 e, já no começo do ano, prestou uma série de depoimentos nos quais ficava evidente que estava se preparando para colaborar com as investigações. Até que, esta semana, os repórteres Aguirre Talento e Bela Megali, da sucursal da Globo em Brasília, revelaram que Cabral firmou um acordo de delação com a Polícia Federal, no qual cita políticos com mandato, desembargadores e integrantes do Superior Tribunal de Justiça e do Tribunal de Contas da União.