PM suspeito de agredir jovem e fazer insultos racistas presta depoimento e diz desconhecer fato

PM suspeito de agredir jovem e fazer insultos racistas presta depoimento e diz desconhecer fato

G1 - O soldado Laércio Sacramento, suspeito de agredir um jovem durante uma abordagem no bairro de Paripe, no subúrbio ferroviário de Salvador, prestou depoimento à Polícia Militar e disse que desconhece o fato.


O suspeito foi ouvido nesta terça-feira (4), na sede da 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Paripe). No depoimento, o soldado, que foi afastado das ruas e cumprirá expediente administrativo até o fim das investigações, também disse que vai aguardar a apuração da Corregedoria da PM.


Em entrevista para o jornal BATV, da TV Bahia, o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, disse que o soldado vai ser punido no final das investigações.


“Na nossa linha de aplicação da punição, faz parte de uma advertência até uma demissão. Então seria muito precoce nesse momento dizer qual será a dosimetria, como é que vamos aplicar o tipo de punição para ele, mas ele vai ser punido”, disse o comandante-geral.